Seguidores

quarta-feira, 3 de maio de 2017

sonhos...



beijos quentes e derramados
em bocas murmurantes
girassóis abertos na noite
aromas de corpos gritantes
agora... só na imaginação
foi-se o tempo da aurora
resta a recordação

perdidos como um grito no vazio
os corpos murchos,em total obscuridade
o peito frio, e nele a saudade...

e na esperança contínua do desejo
vai-se acabando a vida, aceita-se o nada
vai-se quebrando o medo com beijos
com ternura reforçada
com palavras que se perdem
alguma ilusão, a mesma loucura
o mesmo sonho e ainda
alguma paixão, a mesma loucura
que não finda
o mesmo amor, neste amplo corredor
que é a vida,
e assim o destino se cumpria,
em harmonia
e eu de mim esquecida...


natália nuno

4 comentários:

Gracita disse...

Os sonhos são o nosso alicerce para as lutas que travamos nessa vida
Sem sonhos vivemos num oásis sem emoção
Beijos e bom fim de semana querida Natália

manuel marques Arroz disse...

Sem sonhos o que será de nós.

Bjos.

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Verdade amiga querida, « o sonho comanda a vida»
um beijinho toda a felicidade do mundo te desejo...beijinho

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Olá Manuel, bom receber tua visita aqui no meu cantinho, agradeço-te...pois vamos sonhando e esquecendo os revezes da vida...beijinho meu amigo.